terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Plano de Ensino Completo

PLANO DE ENSINO
DISCIPLINA
LITERATURA PORTUGUESA II

PROFESSORA
Dra. Maria Generosa Ferreira Souto
CARGA HORÁRIA
Semestral
Semanal
Teórica
Prática
Período
Semestre/
Ano
Turno (s)






Vespertino
EMENTA
Produção literária do Romantismo: Camilo Castelo Branco, Almeida Garret, Alexandre Herculano. A estética realista: ruptura e tradição, o efeito de real: Eça de Queirós, Antero de Quental. A poesia urbana de Cesário Verde e seu significado no contexto sociocultural de hoje. Modernismo e contemporaneidade.

OBJETIVOS
GERAL:
Levar o aluno a compreender, por meio de perspectivas estéticas, históricas e culturais, a importância dos movimentos estéticos Do Romantismo à contemporaneidade, para a consolidação e amadurecimento da literatura portuguesa.
Estudar as expressões literárias do Romantismo, Realismo, Simbolismo em Portugal e as veleidades parnasianas, bem como a Modernidade à contemporaneidade, perpassando pela origem e desenvolvimento desses movimentos; o romance romântico, realista e realista-naturalista; as poesias romântica, realista, do Cotidiano e metafísica; a poesia, a prosa e o teatro simbolistas e a Influência do decadentismo francês e do Impressionismo.
ESPECÍFICOS:
Identificar traços dos movimentos Romântico, Realista e Simbolista e ainda os Modernos e Modernistas, em qualquer texto que apresente essas características.
Compreender a importância literária e histórica desses movimentos em Portugal e no mundo e ter aptidão para ler criticamente obras que façam parte desses contextos literários.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade I -Revolução Francesa (Causa e conseqüência); -O Romantismo no mundo (Visão histórica e literária); Romantismo, origem, ideologia, características, estilos; -Romantismo em Portugal (Origem e desenvolvimento); -A Poesia e a prosa romanescas; -O transcendentalismo Romântico; -A diversidade política e social do Romantismo; (obra “Revolta e Melancolia”) -Leitura e Análise de obras do Romantismo português (prosa e poesia).

Unidade II -Realismo – Contexto histórico; -Origens, ideologia e características do Realismo; -Direções do Realismo Português e seus representantes; -A prosa realista; -A poesia realista, metafísica e do cotidiano em Portugal ; -As Veleidades Parnasianas; -O romance Realista e Naturalista; -O Simbolismo em Portugal, origem, desenvolvimento e representantes; -A influência do decadentismo francês e do Impressionismo. -A prosa e o teatro realistas em Portugal.

Unidade III - O Simbolismo em Portugal; - Obras precursoras.

Unidade IV - Modernismo em Portugal; - Fernando Pessoas e seus heterônimos; - Sá de Miranda, José Régio e outros; - Contemporaneidade: José Saramago (obra)


ESTRUTURA DE APOIO
Retroprojetor – Datashow – Quadro e giz – Textos xerografados – Livros – TV/vídeo
METODOLOGIA
· Aula expositiva dialogada;
· Seminários temáticos (individuais e em grupos)
· GVGO
· Berlinda
· Painel integrado
· Análise de textos poéticos, prosaicos ou teóricos com apresentação em sala

AVALIAÇÃO
PONTOS
TIPO
10,0
Avaliação Diagnóstica (oral e escrita)
10,0
Avaliação Formativa (objetiva escrita)
20,0
Avaliação Somativa (objetiva e subjetiva/discursiva)
10,0
Artigo

BIBLIOGRAFIA
BÁSICA
MOISÉS, Massaud. A literatura portuguesa. São Paulo: Cultrix, 2001.
SARAIVA, Antonio José; LOPES, Oscar. História da literatura portuguesa. Porto: Porto, 1976.
COMPLEMENTAR
MOISÉS, Massaud. A literatura portuguesa através de textos. São Paulo: Cultrix, 2001.
________________História da literatura portuguesa. São Paulo: Cultrix, 1995.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário